Arquivo da categoria: Artigos

A Primeira Frase de Um Livro.

escritor-II

Não sei se você um dia já parou para perceber a primeira frase dos livros que lê de forma diferente. Desde pré-adolescente, quando ia ler um livro julgava o autor pela primeira frase que ele escrevia. A primeira frase de um livro é certamente a mais importante, é a que faz o coração do leitor ter perspectiva do livro inteiro (mesmo que ele possa se enganar). Em meu livro, “Monte Castelo e os 7 vícios capitais”, escrevi como primeira frase: “Por que Deus criou o mundo?”. O livro já começa filosofando. Fiz isso porque este, assim como outros que tem nas frases seguintes, é um tipo de questionamento feito pela mente humana desde sempre. O livro em si não é religioso, afinal nas frases seguintes o leitor verá que este é o pensamento de Eduardo Montenegro, um arqueólogo ateu, o protagonista da história. Imagine você se deparar, ao abrir a primeira página de um livro, capítulo 1, com a indagação: “Por que Deus criou o mundo?”. É instigador.

Perceba a partir de agora que os grandes autores sempre começam seus livros com frases de impacto ou com frases que já indiquem como será o seu livro. Comece a anotar as frases perfeitas dos bons livros que você está lendo e você verá o impacto que causará quando descobrir que elas dizem muito sobre você e sobre o livro inteiro. Veja algumas primeiras frases de livros boas:

“Olho para os meus sapatos, observando a fina camada de cinza impregnar o couro gasto.”
(A Esperança – Suzzane Collins – O Último Livro da trilogia Jogos Vorazes)

“O nome do Curandeiro era Fords Águas Profundas.”
(A Hospedeira – Stephenie Meyer)

“Há anos raiou no céu fluminense uma nova estrela.”
(Senhora – José de Alencar)

“O Sr. Tench saiu para procurar seu cilindro de éter, sob o escaldante sol mexicano e a poeira esbranquiçada.”
(O poder e a glória – de Graham Greene)

“Os detetives nem mesmo sabiam que os dois se conheciam.”
(Metrópole do Medo – de Ed McBain)

“Em sua toca vivia um hobbit.”
(O Hobbit, J.R.R. Tolkien)

“Marina me disse um dia que a gente só se lembra do que nunca aconteceu.”
(Marina – Carlos Ruiz Zafón)

Não há dúvidas que são ótimas formas de começar uma história. Toda vez que começo a escrever um livro demoro muito na primeira frase, pois sei que se começar bem, terminará bem. E sempre me inspiro nesses livros que citarei a seguir para pensar na minha primeira frase. Eles fizeram este trabalho ficar bem difícil.

“No princípio, Deus criou os céus e a terra.” {Minha preferida}

(Bíblia)

“O físico Leonardo Vetra sentiu cheiro de carne queimada e sabia que era a sua.”

(Anjos e Demônios, Dan Brown)

“Todas as crianças crescem, menos uma.”

(Peter Pan e Wendy, James Matthew Barrie)

Agora, e você? Qual a sua primeira frase favorita de um livro?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos